Close
  • Principal
  • /
  • Notícia
  • /
  • 7 personagens negros importantes em filmes de terror, dos anos 60 até hoje

7 personagens negros importantes em filmes de terror, dos anos 60 até hoje


Daniel Kaluuya em Get Out

Eu sei o que todo mundo está pensando. Eu não gostaria de ser o negro em um filme de terror ! Ah, como.Isso porque há muito tempo é um tropo que o negro em um filme de terror sempre morre primeiro. Mas a verdade é que é meio difícil encontrar filmes de terror em que personagens negros estejam mesmo neles. Estou falando sério. Enquanto pesquisava para este artigo, eu realmente me esforcei para encontrar personagens negros que tivessem papéis importantes o suficiente para serem mencionados nesta lista.

Com diretores como Jordan Peele e filmes como Saia e Nos ,estamos começando a finalmente ver filmes de terror com personagens negros em papéis proeminentes. Mas eu vou te dizer. Olhando para trás, para os anos 60, o número de atores negros em filmes de terror é bastante sombrio. Mas chega de escassez. Que tal realmente ficar com medo? Você está pronto para gritar? Eu certamente espero que sim!


Duane Jones como Ben

Ben - Noite dos Mortos-Vivos (1968)

Oh puxa. Os anos 60 não foram uma ótima década para os negros no terror. A única contribuição importante para o gênero que eu posso pensar seria Duane Jones como Ben em Noite dos Mortos-Vivos.Ben foi uma grande contribuição para o terror porque ele foi o herói do filme, uma cabeça calma em uma situação caótica. Noite dos Mortos-Vivos saiu no final do movimento pelos direitos civis, e ver um homem negro com uma mulher branca na mesma tela deve ter sido muito ousado na época. Ben na verdade sobrevive à noite, apenas para ser baleado “por acidente” por humanos que o confundem com um zumbi. Hmm.

William Marshall como Blacula

Príncipe Mamuwalde / Blacula - Blacula (1972)

Blacula, interpretado por William Marshall, é interessante porque confronta o racismo de frente. O príncipe Mamuwalde foi até o Drácula para pedir ajuda para acabar com o comércio de escravos, mas Drácula zomba e transforma o príncipe em um vampiro. E assim nasceu Blacula.


Blaculafoi realmente um grande sucesso em 1972 e gerou a sequência, Scream Blacula Scream. Também criou uma onda de filmes de terror blaxploitation, como Sugar Hill, Blackenstein, e Dr. Black, Sr. Hyde. Além de Blacula, Ken Foree também estrelou na sequência de George A. Romero para Noite dos Mortos-Vivos, Madrugada dos Mortos. Ken Foree não era o protagonista do filme, mas era uma parte importante do elenco de sobreviventes, então parece que George A. Romero estava definitivamente à frente da curva quando se tratava de colocar atores negros no terror.

Scatman Crothers como Dick Hollorann

Dick Hollorann - The Shining (1980)

Muitos argumentariam que os anos 80 foram a melhor década para o terror logo após os anos 30, e Stanley Kubrick's O brilhoé um grande motivo para isso. Claro, Dick Hollorann de Scatman Crothers não é o personagem principal de O brilhoDesde a Jack Nicholson's o retrato de Jack Torrance é o centro das atenções. Mas a atuação de Scatman Crothers como o chef do Overlook Hotel, que também divide o Shining com Danny Torrance, é muito humanizante. Ele é um personagem honesto para Deus, puro sangue, e ele percorreu um longo caminho desde alguns dos personagens que falam da era blaxploitation nos anos 1970.




Também nos anos 80 foi Ken Sagoes como Roland Kinkaid do melhor filme de Freddy Krueger (Sim), Nightmare on Elm Street 3: Dream Warriors. Ele também estava na sequência, O mestre dos sonhos, mas ele morre bem cedo.

Tony Todd como o Candyman

The Candyman - Candyman (1992)

Candymané enorme para atores negros de terror desde que tivemos nosso primeiro personagem real da franquia (fora de Blacula) com Tony Todd como o homônimo Candyman. Candymanfoi baseado em um conto de Clive Barker chamado “The Forbidden” e era filho de um escravo que foi trazido de volta à vida. Ícones de terror estavam na moda nos anos 80 e 90, com Freddy Krueger, Jason Voorhees, Leatherface, Pinhead e Chucky, todos sendo os principais do gênero. Mas o legal é que Tony Todd como The Candyman também pode ser adicionado a essa lista.


E agora temos um novo , produzido por Jordan Peele, em breve. Fazer barulho! E com isso, quero dizer um barulho de abelha, é claro. Bzzzz! Wes Craven's As pessoas sob as escadasde 1991 também teve alguns atores negros nele, incluindo Ving Rhames, Bill Cobbs como vovô Booker e um jovem Brandon Adams como tolo.

Da esquerda para a direita: Robert Downey Jr. e Halle Berry

Dra. Miranda Gray - Gothika (2003)

O início dos anos 2000 foi a prova de que o terror se tornou popular. O caso em questão foi o thriller de terror psicológico de 2003, Gothika, que estrelou um vencedor do Oscar em Halle Berry. Berry interpreta a Dra. Miranda Gray, uma psiquiatra em uma ala psiquiátrica feminina que logo se torna uma paciente na mesma ala em que trabalha depois que seu corpo é habitado por um fantasma. Isso pode não parecer um momento marcante, uma vez que os filmes de terror sempre encontraram uma maneira de ter atores de prestígio em seus filmes de sobrancelhas baixas. Mas Halle Berry foi uma vitória, já que atrizes negras normalmente não se encontravam no papel principal de filmes de terror de grande orçamento (para o gênero - $ 40 milhões de dólares).

A década de 2000 também viu Wesley Snipes vestir o sobretudo e óculos de sol novamente por seu papel como o personagem de quadrinhos, Lâmina , dentro Blade IIe Blade Trinity. No geral, não foi uma década terrível para atores negros de terror.

Lupita Nyong

Adelaide - Us (2019), Chris - Get Out (2017)

E aqui estamos na década de 2010. Dentro Nos, Lupita Nyong’o (outra vencedora do Oscar) interpreta uma mulher chamada Adelaide que é assombrada por um doppelgänger, que tem uma família própria que está caçando a família de Adelaide. Mas as coisas não são o que parecem. Honestamente, Lupita Nyong’o foi roubada de outra indicação, pois sua atuação elevou o gênero de terror em grandes saltos e limites.


Também digno de nota em 2010 foi Daniel Kaluuya em Saia, cuja expressão lacrimosa tem sido praticamente o rosto mais reconhecível em todo o horror dos últimos dois anos. Inferno, mesmo pessoas que não são fãs de terror viram aquele rosto. Jordan Peele em geral está apenas mudando o jogo de terror, então temos que agradecer a ele também.

E não vamos esquecer ainda OUTRA atriz vencedora do Oscar, Octavia Spencer. Ela estrelou o filme muito excêntrico e muito assustador, Mãe.

No geral, os atores negros evoluíram muito desde o início extremamente humilde de Duane Jones em Noite dos Mortos-Vivos. Não direi que os negros já avançaram o suficiente, já que o tropo dos negros morrendo em filmes de terror ainda é muito popular hoje. E preciso. Mas direi que houve progresso. E não posso reclamar disso. O progresso é bom!