António Costa
É tempo de
Confiança
Logo Partido Socialista

Diário de Campanha

Acompanhe aqui e nas redes sociais do PS o essencial da campanha de António Costa para as Legislativas. Todos os dias, sempre em atualização, diretamente do terreno, a informação mais relevante.

  • Siga-nos

Porque vos escrevo?

Caras e Caros Amigos,                                                                                         Lisboa, 24 de agosto 2015

 
PORQUE VOS ESCREVO?

 

A 4 de outubro, temos eleições e sinto que é meu dever alertar para a sua importância, explicar o que defendo para Portugal, responder a dúvidas que sei muitos terão.

 

Como autarca, habituei-me a fazer isto no dia-a-dia, nas reuniões públicas de câmara ou na rua. Agora, em eleições nacionais, é mais difícil e provavelmente não terei oportunidade de falar pessoalmente com muitos de vós nas próximas semanas. Por isso, decidi ter uma conversa convosco através desta carta. Proponho-vos que  mantenhamos aqui esta conversa, que será feita em vários capítulos, durante os próximos dias.

 

A proximidade, o diálogo permanente, a vontade de ouvir, o empenho em explicar, são decisivos para criarmos um laço de confiança – e a confiança é essencial para a nossa mobilização coletiva pelo futuro de Portugal.

 

Estes anos têm sido muito duros  para as pessoas, as famílias e as empresas, feriram-nos na nossa auto estima coletiva, puseram em causa a confiança que depositávamos nas instituições , geraram o sentimento de abandono em muitos territórios, provocaram a descrença no projeto europeu, trouxeram o sobressalto e a instabilidade para o quotidiano, a perda de pensões para os idosos, a precarização para os jovens,  a ameaça do desemprego para todos. Foram anos de grande retrocesso económico e social.

 

Mas, mesmo assim, muitos se interrogam:  vale a pena votar?  Para quê?, perguntam. Será que é possível governar de forma diferente? Afinal, o que querem fazer de diferente?  Este é o principal  expediente da direita: levar as pessoas a admitir a fatalidade, a inevitabilidade, a impossibilidade de mudar. Recuso esta visão e este fatalismo sem alternativa. Digo, com convicção e com realismo: é possível fazer diferente e fazer melhor, como mostramos desenvolvidamente nos nossos diferentes textos programáticos.

 

Estas eleições são, de facto, decisivas por 4 razões.

 

Primeira, porque temos de vencer a depressão, a descrença, a resignação um sentimento de decadência nacional e reconstruirmos um sentimento de esperança coletiva no nosso futuro comum. Temos de iniciar um novo ciclo, com novos protagonistas e uma nova visão para o país.

 

Segunda, porque há duas opções de fundo que estão em confronto: sobre o nosso modelo de desenvolvimento – assente no conhecimento e  inovação, contra a precarização e o empobrecimento – e sobre o nosso modelo social – na garantia da sustentabilidade da segurança social, na defesa do SNS e da valorização da escola pública, contra a ameaça da privatização dos serviços públicos e da destruição do Estado social;

 

Terceira, porque temos de virar a página da austeridade para relançar a economia, criar emprego de qualidade e com futuro, sanear as nossas finanças públicas.

 

Quarta, porque temos de reassumir uma postura ativa na Europa,  sem submissão nem aventureirismos, que nos permita retomar a convergência e fortalecer a nossa posição no euro.

 

É sobre estas quatro questões que vos quero falar nos próximos dias.

 

Até amanhã, com os meus melhores cumprimentos,

 

António Costa

 

1ª Parte – PORQUE VOS ESCREVO?

2ª Parte – DEVEMOS CONFIAR NO FUTURO DE PORTUGAL!

3ª Parte – O CONHECIMENTO E A INOVAÇÃO SÃO A CHAVE DO DESENVOLVIMENTO.

4ª Parte – DEFENDER OS SERVIÇOS PÚBLICOS, CONTRA A SUA PRIVATIZAÇÃO.

5ª Parte – VIRAR A PÁGINA DA AUSTERIDADE, RELANÇAR A ECONOMIA

6ª Parte – EMPREGO, A CAUSA DAS CAUSAS

7ª Parte – NOVO IMPULSO À CONVERGÊNCIA COM A EUROPA.

8ªParte – HÁ OUTRO CAMINHO, HÁ UM CAMINHO MELHOR.

Visite-nos

Partido Socialista:

Sede Nacional

Largo do Rato, nº2

1269-143 Lisboa

Portugal

Contacte-nos

T: 213 822 000

F. 213 822 049

Siga-nos

ATÉ DIA 4 DE OUTUBRO, O PARTIDO SOCIALISTA ESTÁ FOCADO
NO PROJETO DE DEVOLVER A ESPERANÇA AOS PORTUGUESES.

NESTE SENTIDO, APRESENTAMOS-LHE A

ALTERNATIVA DE CONFIANÇA

Não, obrigado. Pretendo ir para: www.ps.pt

[ Continuar no costa2015.pt (10seg.) ]